Pagina-afbeeldingen
PDF
ePub

suas carnes

ferteis, frescos, e amenos, que os não deixa de haver na longa jornada, aonde elle, refazendo-se de certo modo, e tomando o folego necessario, descançasse, dois, tres, e mais dias, degradando-se da indiscreta acceleração de partirem, e de quererem chegar. Se além desta, tivesssm a outra de terem fazendas em alguma distancia da Bahia, aonde o gado se considerasse salvo, para ahi ser logo lançado para descançar, e para se refazer, porque nestes ultimos dias de jornada vão ficando no aperto a quatro, e a sinco pelas estradas, até mesmo para que o gado tomasse as perdidas.

Quando tudo isto não bastasse para salvar quasi todo o gado, cujo arbitrio parece ser com infallibilidade proveitoso, ainda'em as jornadas de dois, e tres mezes então deverião estes Creadores com desengano mudar de systema, assentando as suas creações dos gados nos campos mais commodos para as conducções em pequenas distancias das povoações, e da Cidade, aonde o gado tem melhor consumo, e se faz preciso, para o que lhes sobeja espaço, nunca porém na desanimação desistirem, e afrouxarem desta Creação, como tem feito.

Pelo tempo, das Frotas he constantissimo que cada huma dellas de dois em dois annos fazia transportar 200$ɔɔ meios de sola, que fazião hum capital de 600$ cruzados, e que actualmente apenas se transportão 50$000 mcios, que importão em 130$. cruzados. A razão desia differença tão consideravel, que tanto prejudica ao Commercio, e á Navegação, he resultante de se haver diminuido o numero dos Creadores teimosos, c augmentado o numero dos desenganados, que adoptarão o pessimo systema de porem ponto neste artigo da creação dos gados, dirigindo-se a outros fins.

Este genero da sola hc alli pouco bem curtido, e fabricado; elle se fosse mais bem manufaturado, e beneficiado, ainda que para este fim por alguns tempos, ou annos fossem mandados Mestres, e officiaes da Europa para assentarem o ensino do fabrico, seriamos mais bem, e muito commodamente suppridos, e a grande parte delle, que se transporta para fóra, viria a merecer hum mais alto preço com utilidade nossa.

DAS VAQUETAS, E ATANADOS.

A grande porção de vaquetas, que em aquelles mesmos tempos das Frotas era exportada da Bahia para Portugal, não era toda propria do paiz, mas sim exportada de Pernambuco de costa a costa cm embarcações pequenas para a Bahia pelo meio de hum negocio particular, e intrinseco, e alguma parte della para alli vinha' a ser depositada a esperar as subsequentes Frotas, para serem remetidas por conta de seus donos de Pernambuco. Extinctas as Frotas, como houve liberdade de navegação, e começárão a haver navios proprios, e alheios, que alli francamente entrárão a hir carregar, cessou inteiramente o transporte das vaquetas para a Bahia, e da Bahia para Lisboa e Porto em tão grande quantidade.

Ainda hoje a porção das vaquetas, que se transportão da Bahia para Portugal, que montão em 16$. e que importão em 12:800S000 rs, he alli importada do Rio de S. Francisco, por onde descem as que são fabricadas em grande distancia, pelos Certões dentro, tudo porque este dito Rio por elles se entranha em grande distancia, o que muito facilita a conducção. Se nas margens deste Rio, em o lugar mais commodo, e mais opportuno se assentasse hum cortume, e fabrica de se beneficiar toda e qualquer pelle dos ánimaes, de que tanto abunda, recebendo-se nella por qualquer commodo preço toda a porção della, que descesse dos Certões por huma especie de trafico; e se outra igual a esta se assentasse em a Villa da Caxoeira, em S. Feliz da Moritiba, ou em qualquer parte dos seus contornos, aonde tambem por este lado se aproveitassem as pelles dos animaes, que descessem dos Certões, e as que se perdem por inbeneficiadas em todo aquelle reconcavo, em hum e outro Paiz existindo os melhores soccorros para a tinturaria, o ponto he que se conhecesse, e que se soubesse delles utilizar-se, insurgirão, sem serem esperados, infinitos bezerros, cordovões, pellicas, carneiras, camurças, marroquins, e outros muitos generos, que dando hum novo ramo de Commercio pela sua abundancia, e multiplicidade certamente faria hum novo objecto de Navegação com desterro, e com economia de avultadissimas sommas, que a este titulo são passadas para as Nações Estrangeiras, que talvez que escarneção dos nossos desconhecimentos, como em nosso abono escreveo Linad Vadel. Lusitani quam felices non erunt, si noscerent sua bona

Exemplares tenho eu visto de todos estes generos, e de todas as cores, que não invejão aos de Marrocos, assim como os de melhor trigo, tudo offerecido ao publico, e aos curiosos por effeitos de hum genio, que he capaz para tudo, e de hum paiz, que em si he fecundo. São estes huns partos de hum engenho productivo, são humas concepções, que vem a degenerar em aborto pela falta dos meios; são humas amostras, de que nos deviamos aproveitar, louvo-lhes a industria no resentimento do Patriotismo.

Dos Coiros SALGADOS.

He bem certo que em os tempos da duração e da existencia das Frotas se transportava da Bahia para Portugal huma immensidade de coiros, crús, e salgados, e que alguma abundancia, e frequencia deste transporte durára até aos annos de 1780; porém como a maior, e grande força delles provinha da exportação de Pernambuco, pela mesma razão da extincção das Frotas, e pela introducção dos navios avulsos, e de não poder vir maior porção delles dos Certões da Bahia, por causa dos transportes se reduzirão a muito menor numero, e de tal sorte que em algum tempo sendo este artigo hum dos mais consideraveis, hoje está reduzido somente a 15$ooo coiros, que importão em 36:000$ooo rs., quando muito. Do COMMERCIO ACTIVO, E PASSIVO DAQUELLA D.4 COMARCA,

E CIDADE DA BAHIA. Entrando-se em parallelo do Commercio Provinciano Jaquella dita Comarca e Cidade da Bahia com o de Lisboa e Porto, bem se conhece logo á primeira vista que o Commercio relativo aquellas duas Praças he além de indispensavel, da primeira necessidade, e riquissimo. Indispensavel, porque, sendo elle quasi universal, anima com as materias primeiras a tantos ramos, até mesmo de longe pelo credito as plantações do assucar, e do tabaco, e a todo e qualquer genero de fabricos, que, sendo innumeraveis, não podem ser referidos, nem apontados em hum discurso elementar, o que pelo meio do trabalho externo, e alheio, e da industria, dando-se huma nova forma a essas mesmas materias primeiras, até que manufacturadas entrão a apparecer húas segundas, ou hurs terceiros resultados, que sendo mettido tudo em circulo, e em gyro por hum mutuo soccorro, e dependencia, o mesmo trabalho, e industria, fabricando novos generos se converte, e se sepulta no Commercio, e de hum tal modo, e este tão admiravel, que faltando o Commercio, faltão as forças a todas as mais Corporações, e ao mesmo Estado. Riquissimo, porque elle por effeitos desta organização, e correspondencia importa, e exporta, recolhendo primeiro em si como em caixa, todas as producções do Rio de Janeiro, da Bahia, de Pernambuco, Paraiba, Maranhão, Pará, Ilhas; todas as producções, e manufacturas do Reino, e finalmente toda aquella summa abundancia de generos, que entrão da Hespanha, Italia, Inglaterra, da Asia, França, Hollanda, Hamburgo, e de outros muitos Reinos, que sendo de summo valor collectivamente não pode haver algarismo, que os reduza a estimação.

Pelo contrario o tal e qual Commercio, que hoje sustenta aquella dita Comarca da Bahia, não vem a ser necessario,e por sua mesma natureza indispensavel, como aquelle outro de Lisboa, e Porto, e das mais Praças, que deixamos referidas, porque reduzindo-se todo elle aos dois gencros, do assucar, do tabaco, e alguma sola, e coiros, pode ser tão desfarçado na sua dispensabilidade que não havendo alli Commercio de qualidade alguma, os mesmos Lavradores, como entre elles alguns fazem, mettendo com remessa em gyro os seus poucos generos, ao mesmo tempo que importantes, ou por outros terceiros, ou por si mesmos, muito bem que os mesmos agricultores podem em si reunir essa qualidade de Commercio ligeiro, e abbreviado, e podem muito bem sem maior inconveniente nelle continuar para sempre, com tanto que primeiro traten do seu desempenho, e depois dos meios, e dos modos de se não impossibilitarem.

+2

1. B.

Só o Commercio en aquella dita Cidade e Comarca se faria necessario, indispensavel, e tanto mais rico, como de todas as outras Praças, se com franqueza dos portos, que facilitasse a importação, e a exportação directa com a percepção dos direitos por inteiro, igual aos que hoje se percebem, ou maiores, segundo a Politica o pedisse, ou ainda sem a devassidão dos portos, acordando-se a inercia, e promovendo-se a industria, alli se assentassem, assim como se tem feito em muitos Reinos, e Colonias, que servindo-nos de modelo, nos servem de inveja, muitos mais fabricos, utilizando-nos melhor das producções da terra com a precisa repartição, das invenções, que ella nossa amiga, da nossa felicidade, e da independencia das nações estranhas, apresenta até ao ignorante, que a desconhece, vindo a ser calamidade para The nio chamar desgraça, que de longe, e de fóra com consumo, distracção, e perda do nosso precioso, se vá buscar o que temos de sobejo, e com fartura em casa, e entre o mais o que ociosa e desnecessariamente se trans

porta da Asia.

O primeiro artigo para hum novo incremento do Commercio, além dos outros generos do assucar, do tabaco, da sola, e dos coiros, que de mais se deveria com zelo patriotito assentar em aquella Comarca, aproveitando-se neste ministerio as suas famosas varzeas, e ainda mesmo dentro da Cidade as dos Conventos de S. Bento, de Santo Antonio, ou de S. Francisco, e do Carmo, que quasi circulão pelo interior na distancia de meia legoa a Cidade, toda a baixa de Itapagipe fóra della, os famosos campos da Caxoeira, e os dilatadissimos dos Goitacazes, sempre seria o da plantação do trigo, de que a Lisboa vierão em sacos amostras pelos annos de 1780, que sorão remertidas pelo agricultor aos seus amigos, e entre estes ao falecido Conselheiro Joaquim Ignacio da Cruz Sobral, que me apresentára, e fizera ver, em cujas mãos cheguei a admirar a bondade, e a qualidade delle ; quando eu esperava que este ramo de Commercio, e de Agricultura fosse avante para nos libertarmos da grande porção deste genero, com que nos supprem as nações estranhas, os annos decorridos me desenganárão que tudo se desanimára, e parára cm as simplices tentativas não proseguidas, o que era digno das maiores attenções, e ainda mesmo de hum justo, e bem merecido premio.

As plantações do arroz no Maranhão, e hoje vulgarizadas com maior abundancia, ainda que não com tanta, quanta se nos fazem precisas, no Pará, Pernambuco, Bahia, e Rio de Janeiro, se forão capazes de quasi exterminarem para sempre a importação deste genero, que ianto vinha de Veneza, e da Carolina, igualmente se as plantações do café, do cacáo, da bainilha, e do anil, forão capazes de quasi afasiarem estes outros generos, que da Asia, e das nações estranhas aqui erão mettidos por huns altos preços, a exemplos destes, porque não será capaz de o fazer a plantação do trigo em aquclla Comarca da Bahia, que já remettera amostras, subministrando materia, e prestando soccorros para huma nova Agricultura, para hum novo Commercio, prosperando a Navegação, ainda que fosse pelo menos em quanto Portugal melhor se refizesse da abundancia delle, que lhe he tão necessaria.

Não devo proseguir em os mais arbitrios, que em mim existem, como uteis, e interessantes á Agricultura, ao Commercio, e á Navegação, porque sendo elles dignos de hum só discurso em cada huma das suas repartições, o que reservo para os lugares competentes, não devem caber, nem ter lugar na estreiteza daquelle, que tão somente he preliminar, bastando que se conclua que sem dilatação da Agricultura em os seus ramos conhecidos no paiz, e nos que de novo forem introduzidos, do que resultem novas producções, sem promoção , e assentamentos das manufacturas, e dos fabricos uteis á humanidade, e accommodados á necessidade dos Povos, por mediação dos quaes, castigando-se a inercia, e promovendo-se a industria, se estabeleça hum Commercio, que seja necessario, dependente, e mesmo tempo rico dentro do seu trafico, nada poderá ser promovido, c sem isso só a nossa desgraça.

[ocr errors]

RESUMO DA IMPORTANCIA DO COMMERCIO ACTIVO,
QUE AQUELLA COMARCA DA BAHIA ACTUALMENTE SUSTENTA

COM AS DUAS PRAÇAS DE LISBOA, E PORTO.

129000 caixas de assucar valem .......
25$000 rolos de tabaco importão..
50$ooo meios de sola sommão.....
159000 coiros salgados......
169000 vaquetas

678:4009000 240:000S000 60.000 Sooo 36:000S000 12:800$ooo

1:027:2009000

Adverte-se que ainda que esta Comarca produza outros muitos generos, se reputão comsumptiveis na terra, porque quando lhes sobejão do seu intestino supprimento só he quando converte o remanecente em artigo de exportação, o que por ser tenue, e incerto, se não deve lançar em objecto de Commercio activo, porque os mais generos, á escepção dos referidos que em Lisboa se vendem, são do resto da viagem, ou da especulação de hum ou outro maritimo, o sem promoção não póde formalizar systema.

« VorigeDoorgaan »