Revista trimensal do Instituto Historico, Geographico e Ethnographico do Brazil, Volume 47;Volumes 68-69

Voorkant
J.M.N. Garcia, 1884

Vanuit het boek

Geselecteerde pagina's

Overige edities - Alles bekijken

Populaire passages

Pagina 168 - António Freire de Andrade Henriques, conselheiros do seu Conselho Ultramarino e se passou por duas vias. Caetano Ricardo da Silva a fez em Lisboa a 6 de Julho de 1747. O Secretario Manoel Caetano Lopes de Gouvea a fez escrever. Thomé Joachim da Costa Corte Real . António Freire d
Pagina 167 - Dom João, por graça de Deus, Rei de Portugal e dos Algarves, d'aquém e d'além mar em África, Senhor de Guiné, etc.
Pagina 157 - Ladrão da fortuna, ladrão da vida, ladrão da onra, o ladrão da liberdade é o brado ingente, que contra vós levanta a nação rio-grandense, ao qual, já sabeis, que junto a minha convicção, não pela geral execração, de que sois credor, o que lamento, mus sim pelos documentos justificativos, que conservo.
Pagina 125 - ... porque a natureza fez-nos habitantes do mesmo continente, e por conseguinte de alguma sorte compatriotas.
Pagina 167 - ... papeis no tempo presente, nem ser de utilidade aos impressores trabalharem no seu officio, aonde as despesas são maiores que no Reino, do qual podem ir impressos os livros e...
Pagina 175 - Nosso Senhor o mandou por João Telles da Silva, e Antonio Rodrigues da Costa, Conselheiros do seu Conselho Ultramarino, e se passou por duas vias.
Pagina 125 - ... nossa gratidão para com os nossos bemfeitores. Senhor, aqui tendes pouco mais ou menos o resumo das minhas intenções e é para desempenhar esta commissão que vim á Franca, visto como eu não podia na America deixar de suscitar suspeitas naquelles que disso soubessem.
Pagina 128 - Estados-Unidos muito provavelmente hão de prestar-lhes auxilio, e por uma variedade de considerações nutrem a nosso favor os mais fortes preconceitos. O meu informante é natural do Rio de Janeiro, a presente metrópole, onde elle mora, cuja cidade conta ;">O.OOU habitantes.
Pagina 173 - Rei de Portugal e dos Algarves, daquem e dalém Mar, em África, Senhor de Guiné, e da Conquista, Navegação, Commercio de Ethiopia, Arábia, Pérsia, e da índia, etc.
Pagina 125 - ... de opprimir-nos, resolvemos seguir o admirável exemplo, que acabais de dar-nos, e por conseguinte quebrar as nossas cadeias, e fazer reviver a nossa liberdade, que está de todo morta e opprimida pela força que é o único direito, que os europeus têm sobre a America.

Bibliografische gegevens