O "piedoso" e o "desejado"

Voorkant
Portugal-Brasil, 1925 - 178 pagina's

Vanuit het boek

Populaire passages

Pagina 162 - Ou fazendo que, mais que a de Medusa A vista vossa tema o monte Atlante, Ou rompendo nos campos de Ampelusa Os muros de Marrocos e Trudante, A minha já estimada e leda Musa Fico que em todo o Mundo de vós cante, De sorte que Alexandre em vós se veja, Sem à dita de Aquiles ter enveja. (Canto X, estâncias 155 e 156.) Esse «estado de necessidade...
Pagina 129 - Olhai que ledos vão, por várias vias, Quais rompentes leões e bravos touros, Dando os corpos a fomes e vigias, A ferro, a fogo, a setas e pelouros, A quentes regiões, a plagas frias, A golpes de idolatras e de mouros, * A perigos incógnitos do mundo, A naufrágios, a peixes, ao profundo.
Pagina 175 - Na banda austral do Novo Mundo, voltada para África, alguns milhares de Portugueses perdidos entre as selvas, fundavam os alicerces solidíssimos de um novo e imperecível império, que sobreviveria aos séculos, e para onde os desterrados haviam transportado com os arados e as lanças aquela robusta concepção da pátria batalhadora e rural, que até à aventura do Oriente mantivera, resoluta e vivaz, enérgica e insuplantável...
Pagina 14 - máquina grande e bem necessitada dum valoroso e sábio governador, se considerarmos que ficava sendo Portugal, com todo seu povo e rendas, um ponto, e ponto indivisível, comparado com tamanha circunferencia e tanta diferença de terras".
Pagina 19 - ... os deveres do seu cargo. Vamos vê-lo debater-se numa luta que seria grandiosa se o rei dispusesse desses dons psíquicos de dramatização e de poesia que enaltecem os heróis e os armam de secreto e imortal poder de fascinarão. Devoto, mas sem os arroubos e transportes de misticismo que geram os santos e paladinos; movendo-se pesadamente por entre o cerimonial severo da pragmática palaciana; tendo da majestade da sua investidura uma compreensão conscienciosa; faltavam-lhe, todavia, os magnéticos...
Pagina 56 - Porque de alguns annos a esta parte vão ellas sendo tão differentes das passadas, que põe alguns costumes muy novos a esta terra, com que Vossa Alteza e ella, a meu ver, não podem: e se se não buscar remédio hão de poder cada vez menos: Huma foy começar-se a tomar dinheyro a cambio. E des que se começou a tomar atégora nunca se outra cousa fez : e quasi se não sustem del as despesas de Vossa Alteza.
Pagina 19 - ... e os armam de secreto e imortal poder de fascinarão. Devoto, mas sem os arroubos e transportes de misticismo que geram os santos e paladinos; movendo-se pesadamente por entre o cerimonial severo da pragmática palaciana; tendo da majestade da sua investidura uma compreensão conscienciosa; faltavam-lhe, todavia, os magnéticos atributos da beleza e da marcialidade. Era o beneficiário ea vítima da herança desconforme que lhe haviam amontoado os talentos de D. João II ea fortuna de D. Manuel....
Pagina 164 - Setúbal, em o qual estão esperando mais de duzentas velas, e outras muitas que estão em Cezimbra, Sagres, Lagos, Tavira, e em todos os portos do Algarve, onde se havia de embarcar a gente do terço de Francisco de Távora.
Pagina 149 - O renascimento, que matou quanto havia generoso e forte na índole nacional, matou egualmente isso. Em vez de alimento sadio, deu-nos o veneno embriagante das remotas conquistas, as convulsões da nevralgia em vez do caminhar pausado e firme de uma boa organisação fisiológica.

Bibliografische gegevens