Correio braziliense: ou, Armazem literario ..., Volume 15

Voorkant
Impresso PressW. Lewis, 1815
0 Recensies
Reviews worden niet geverifieerd, maar Google checkt wel op nepcontent en verwijdert zulke content als die wordt gevonden.

Vanuit het boek

Wat mensen zeggen - Een review schrijven

We hebben geen reviews gevonden op de gebruikelijke plaatsen.

Geselecteerde pagina's

Overige edities - Alles bekijken

Populaire passages

Pagina 572 - ... cumprir e observar por qualquer modo que possa ser. Em testemunho e firmeza do sobredito fiz passar a presente carta por mira assignada, passada com o sello grande das minhas armas e referendada pelo ministro e secretario d'estado abaixo assignado.
Pagina 572 - Janeiro aos oito de Junho do Anno do Nascimento de Nosso Senhor Jesu Christo de mil oitocentos e quinze.
Pagina 722 - E valerá como carta passada pela Chancellaria, posto que por ella não ha de passar, e que o seu effeito haja de durar mais de hum anno, sem embargo da ordenação em contrario.
Pagina 5 - Nesta pequena casa Lusitana : De Africa tem maritimos assentos, He na Asia mais que todas soberana, Na quarta parte nova os campos ara, E, se mais mundo houvera, lá chegara.
Pagina 570 - Regento de Portugal, e Sua Magestade Britannica, igualmente desejosos de terminar amigavelmente todas as duvidas suscitadas relativamente aos logares sobre a Costa de Africa, em que aos Vassallos Portuguezes era licito, na conformidade das leis de Portugal, e dos Tratados subsistentes com Sua Magestade Britannica, continuar o Commercio de Escravos; e attendendo a que...
Pagina 570 - Portugal, uma prova não equivoca da sua amisade, e da attenção que presta ás reclamações de sua alteza real, assim como em consideração das medidas, que o principe regente de Portugal se propõe tomar, a fim de que similhantes duvidas cessem para o futuro, sua magestade britannica deseja da sua parte adoptar os meios mais promptos e efficazes, e ao mesmo tempo sem as delongas inseparaveis das...
Pagina 571 - Londonderry, principal secretario d'estado de sua dita magestade para os negocios estrangeiros, e seu plenipotenciario ao congresso de Vienna...
Pagina 571 - Londres áquella pessoa que o Principe Regente de Portugal nomear para recebe-la, a qual somma formará um fundo destinado debaixo d'aquelles regulamentos e pelo modo que Sua Alteza Real ordenar), a satisfazer as reclamações feitas dos navios Portuguezes apresados por cruzadores...
Pagina 407 - Pelo que: Mando á Mesa do Desembargo do Paço; Presidente do Meu Real...
Pagina 572 - Tazel-a cumprir e observar por qualquer modo que possa ser. Em testemunho e firmeza do sobredito, Fiz passar a presente Carta por Mim assignada, passada com o Sello grande das Minhas armas , e referendada pelo...

Bibliografische gegevens