Pagina-afbeeldingen
PDF
ePub

o Donatario naquelle tempo impossibilitado de pagar huma divida de 3:048:672 reis, de sorte, que corridos os pregões da ley, arrematou o Arcediago André Dias Prestes em nome, e como Procurador de Dom João de Castro a Capitania, villas, e mais anexos por 9.360 cruzados em 10 de Julho de 1615: cuja arrematação sendo embargada pelo Donatario, lhe toi concedido nove mezes para dar lans dor; correrão porem as couzas que o mesmo Dom João de Castro lançou 17.000 cruzados na referida Capitania penhorada com os seus foros, rendas, engenhos, Ilhas, pescarias, desertos, de qualquer qualidade que fossem, jurisdições, datas de officios, assim e da maneira que tinha Jorge de Figueiredo, em 19 de Mayo de 1620; sendo assinados oito dias ao executado para remição não comparecendo foi lansado, e Dom Joao de Castro nomeou a Manuel Aranha seo criado para arrematar pari elle a dita Capitania; e com efeito na rua des ferros em Lisboa em 4 de Junho de 1620, foi arrematada por 17.000 cruzados e a Exma. Senhora Dona Elena de Castro Condeça de Castro, se lhe passou Carta, de confirmação da referida Capitania arrematada com todas as jurisdições, rendas, e direitos por Alvará de 17 de outubro de 1625, e depois a sua successora a Exma. Dona Maria Anna de Ataide por Alvará de 13 de Julho de 1646 com todos os direitos e privilegios de que estava de posse a Exma. Dona Elena de Castro, com declaração que não confirmava o capitulo da Doação de poderem mandar cada anno ao Reino 24 escravos para delles fazerem o que bem lhes viesse, por ter sido prohibida a vinda dos escravos, por Provizão do Senhor Rey Dom Sebastião de 20 de março de 1560; assim como não confirmava sobre a alsada té a morte natural incluzive, para que houvesse appellação no cazo de morte para maior alsada, e da mesma forma sobre os quatro cazos declarados na doação houvesse appellação pra maior alsada; e que não confirmava outro sim o outro Capitulo de não mandar a Capitania Alsada ou Justiças porque poderião mandar as Alsadas e Justiças que bem lhe parecesse necessario e conviesse ao Real serviço e boa Governança da terra.

$ 10 Por diversas sucessões entrarão na Capitania dos Ilhéos os Exmos. Condes de Rezende atéque a mesma Capitania seencorporou na Real Coroa em virtude da subrogaçao, feita com o Exmo. Donatario o Conde de Rezende, sendo o ultimo o Exmo. D. Antonio José de Castro, a quem se passou Carti de Doação em 22 de junho de 1752, e foi participada a subrogação ao Ouvidor da Comarca da Bahia, por Provizão do Conselho Ultramarino de 4 de março de 1761, para que da mesma Capitania tomasse posse para a Real Coroa; e com efeito tomou della posse real, e corporal em 19 de julho de 1761 0 Dezembargador Luiz

"o dito Capitão e Governador e seos successores huma dizima que he de dés partes huma. "Outro sim me prás por respeito do cuidado que o dito Capitão e Governador e seos succes"sores hão de ter e guardar e conservar o Brazil, que na dita terra houver, de lhe fazer Doa“ção e mercè, de juro e herdade para sempre da vintena parte do que liquidamente render para "mim, forro de todos os custos, o Brazil, que se troucer da dita Capitania a estes Reinos, "e a conta do tal rendimento se fará na Caza da Mina da Cidade de Lisboa, onde o dito "Brazil for vendido e arecadado o dinheiro delle, lhe será logo pago, e entregue em dinheiro "de contado pelos feitos e officiaes della, aquillo que por boa conta na dita vintena montar; "e isto porque todo o Brazil que na dita terra houver hade ser sempre Meu, e de Meos "sucessores, sem o dito Capitão e Governador nem outra alguma Pessoas poder desfrutar nelle, nem vendélo para fóra, sómente poderá o dito Capitão, e assim os moradores da "dita Capitania aproveitar-se do dito Brazil na terra, no que lhe for necessario, segundo he "declarado no foral, e tratado nelle, e vendendo-os para fóra, encorrerá nas penas conteudas "no dito foral. Outro sim me prás fazer mercê e Doação ao dito Capitão e Governador, "e a eos sucesores, de juro e her lade para sempre, que dos escravos que elles respatarem, "e houverem na dita terra do Brazil possão, mandr a estes Reinos vinte e quatro "peças cada anno, para fazer delles, o que lhes bem vier, os quaes escravos viraa ao "porto e Cidade de Lisboa, e não algum outro porto, e mandarão com elles certidão "dos offici es da dita terra, de como são seos, pela qual certidão lhe serão cá des"pachados cs ditos escravoS forros, sem delles pagar direito algum, nem cinco por

[ocr errors]

"cento,

[ocr errors]

e além destas vinte e quatro peças, que assim cada anno poderá mandar forros: "Hey por bem, que possa trazer por marinheiros e gorumetes em seos Navios, todos os "escravos que quizerem e lhes forem necessarios. Outro sim me prás por fazer merce ao dito "Capitão e Governador, e seos sucessores, e assim aos vezinhos e moradores da dita Capitania, que nella não possa em tempo algum haver direitos de sizas, nem impozições, siboarias, "tributos de sal, nem outros alguns direitos nem tributos de qualquer coalidade que sejão, "salvo aquelles que por bem desta Doação, e do Foral, ao prezente são ordenados, que haja. Item hey por bem e me prás que só se de, e suceda de juro e herdade para todo o sempre "pelo dito Capitão e Governador e seos descendentes, filhos, e filhas legitimos, com tal decla"rasão, que emquanto houver filho legitimo varão no mesmo gráo, não suceda filha, posto, que seja em maior idade, do que o filho, e não havendo maxo, ou havendo-o e não tendo então prpinquo grão ao ultimo possuidor, como a femea, que emtão suceda a femen; e emquanto houver descendentes legitimos maxos, ou femeas, que não suceda na dita Capitania "bastardo algum; e não havendo descendentes maxos, nem femeas legitimas, emtão sucederão "os bast rdos, não sendo porém de damnado coito, e sucederão pela mesma ordem dos legi"timos primeiros maxos, e despois as femeas, em igual gráo, e com tal condição, que os "possuidores da dita Capitania o quizer antes deixar a algum seo parente transversal, que "aos descendentes bastardos, quando não tiver legitimos, o possa fazer; e não havendo "descendentes maxos, nem femeas legitimas, nem bastardos, da maneira que dito he, em tal

Freire Devéras, em cujo tempo foi servido o Senhor Rey Dom Jozé de saudoza memoria, fazer da Capitania huma Ouvedoria, separada da Comarca da Bahia, nomeando por Ouvidor della ao Dezembargador Miguel de Ares Lobo.

§ 11- Uma das cauzas porque não podia naquelles remotos tempos, prosperar a Capitania, e adiantar-se em todo o genero da lavoira, e comercio, nascia da falta de liberdade e independencia dos Colonos, sem a qual não pode haver movimento e vigor nas faculdades activas do espirito humano. O primeiro Donatario Jorge de Figueiredo, havia concedido a Mem de Sá huma sesmaria de 12 legoas quadradas do Norte do Rio de Contas para Camamú que a favor dos Jesuitas cedeo aquelle Mem de Sá, em virtude das Escripturas com auctoridade Real aprovadas, tom rão os Jesuitas posse de tão prodegioza extenção de terras em 3 de dezembro de 1563, tomada da banda d'além do Rio de Contas da parte do Norte.

§ 12 Para segurança de tão poderozo dominio passarão os Jesuitas a medir essas terras, aproveitada a occazião de se achar em 1583 0 Ouvidor Licenciado Martim Leitão na Barra de Sirinhaem para lhe pedirem que não fosse citado o Donatario (unico que lhes podia estorvar os seus intentos) o que consta dos auttos de medição, e titulos que se achão na Caza da Fazenda da Bahia; e obtiverão, que a medição começasse da boca do Rio de Contas para o Norte: Retirou-se aquelle Ministro, e elles ordenarão aos medidores que sómente medissem des legoas com o fim de que fazendo aquelles o que elles pertendião, conseguião estender, como fizerão as des legoas até Bayp ba, que fazião não des mas dezoito, e acrescentassem ao depois mais quatro ao Sul do Rio de Contas, com o fundamento das 12 doadas, e em lugar de duas tiverão quatro, pois que a demarcação foi cincoenta braças além do Tacaré, mais ao Sul, no boqueirão de hum riaxo, que sahe a praia chamado - Oricuritiba.

$ 13 Sendo asim medidas e demarcadas as terras da sesmaria admitirão varios foreiros, a quem se impunha o onus de não cortarem páos Reaes, nem o sipó verdadeiro, sem sua licença: nesse tempo pertendeu Balthazar Ferreira Garvoto, Posposto pelo Donatario Lucas Gerardes huma villa no destricto de Camamú, comprehendido na doação das doze legoas e cometeu suas vezes a João de Andrada fazendo este cazas de feitoria, creou Escrivaens e Justiças, e levantou a villa com o titulo de Villa de Andrada, e repartio as terras circumvezinhas; ao que oppondo-se Mem de Sá continuou-se o pleito, que os Jesuitas vencerão por sentença dada na Bahia depois de muitos annos em 16 de agosto de 1644, firmada na posse em que estavão os Jesuitas de aforar aquellas terras, e pellas clauzulas da Doação,

[ocr errors]
[ocr errors]

66

"cazo sucederão os ascendentes maxos e femeas, primeiro, os maxos, e em falta deles as femeas; e não havendo descendentes, nem ascendentes sucederão os transversaes pello modo "sobredito, sendo primeiro os maxos que forem em igual gráo, e despois as femeas, e no "cazo dos bastardos, ou possuidor, podera se quizer deixar a dita Capitania a hum trans"versal legitimo e tirala aos bastardos posto que sejão descendentes, em muito mais proximo 'gráo, e isto hey assim por bem, sem embargo da ley mental, que dis, que não suceda femea, 'nem bastardos, nem transversaes, nem ascendentes, porque sem embargode tudo, me prás 'que nesta Capitania sucedão femeas e bastardos, não sendo de coito damnado, e transversaes, "e ascendentes, do modo, que já he declarado. Outro sim quro e me prás que em tempo “algum serão por elles a dita Capitania e Governança e todas as coizas, que por esta Doação "dou ao dito Jorge Corréa de Figueiredo, não possa partir, nem escambar, espadaçar, nem em "cazamento a filho, ou filha, nem a outra pessoa dar, nem para tirar Pay, ou Filho ou "alguma pessoa do Cativeiro, nem para outra coiza, ainda que seja mais piedoza, porque "minha tenção e vontade he que a dita Capitania e Governança, e coizas, ao dito Capitão e "Governador nesta doação dadas, andem sempre juntas e se não partão, nem alienem em "tempo algum, aquelle que a partir ou alienar, espedaçar, ou der em cazamento ou para "outra coiza, por onde haja de ser partida, ainda que seja mais piedoza, por esse mesmo "effeito perca a dita Capitania e Governança, e passe directamente aquelle que houver de ir "pella ordem de suceder sobredita, se o tel que isto assim cumprir fosse morto. E outro sim "me prás que para cazo algum de qualquer qualidade que seja, e o dito Capitão e Governador "commeta, porque segundo o direito e ley destes Reinos mereça perder a dita Capitania e "Governança, jurisdição e renda della, a não perca, salvo se o sucessor for traidor à Coroa "destes Reinos, e em outros cazos que commeter, será punido, quando o crime o obrigar, "porém o seu sucessor não perderá por isso a dita Capitania e Governança, jurisdição, rendas, "e bens della, como dito he. Item me prás e hey por bem que o dito Jorge de Figueiredo "Corrêa e todos os seus sucessores, a que esta Capitania e Governança vier, uze inteira"mente de toda a jurisdição, poder, e alsada nesta Doação, com renda assim e da ma"neira que nela he declarado; e pella confiança que delles tenho que guardarão nisso "tudo o que cumpre o serviço de Deos, e Meu, a bem do Povo e direito das partes Hey outro "sim por bem, e me prás, que nas terras da dita Capitania não entre nem possa entrar em "tempo algum corregedor, nem Alsada, nem outras algumas Justiças, para nella uzar de juris“dição alguma, por nenhuma via, nem modo, que seja, nem menos será o dito Capitão suspenço da dita Capitania e Governança, e jurisdição della: porem se o dito Capitão cair 'em algum erro, e fizer alguma coiza porque mereça, e deva ser castigado, Eu ou os Meos 'sucessores o mandaremos vir para ser ouvido com sua justiça, e lhe ser dada aquella pena, "ou castigo que de direito o tal cazo merecer. Outro sim me prás por fazer mercé, ao Jorge "de Figueiredo Correa, que elle possa nomear em sua vida, ou por seu falecimento a sucessão "da dita Capitania a qualquer dos seus filhos, ou filhas, que elle quizer, posto que nesta "doação seja declarado, que a sucessão da tal Capitania virá despois do seu falecimento ao

[ocr errors]

64

conforme as quaes dada huma vês as terras em sesmaria, não as podia haver o Donatario se não por titulo de compra, ou algum outro valido em direito, e que por isso sem licença dos Padres não podia fazer os actos, que praticou o Donatario: e finalmente mandou a sentença, que se reduzisse a villa ao estado d'Aldea que dantes era, e que os Capitãcs não inquietassem, ou perturbassem mais ao Colegio, e pagasse as custas.

§ 14- Sendo os Jesuitas senhores de todas as terras, que hião desde Jequihé, da terra firme, e Boypeba da costa do Sul, Camamú, Marahu, e Rio de Contas até o Taciré, e 50 braças adiante; o que restava para os Ilhéos, erão as matas vizinhas a huma costa proceloza, até a Mamoam, aonde tãobem tiverão huma data de terra, huma Ilhota junto á villa dos Ilhéos, e na villa 4 braças com 12 palmos de frente da Caza da sua Rezidencia, e hum pedaço mais junto as mesmas c zas, outro pegado a Igreja; huma sorte mais que servia de serca e quintal as cazas de rezidencia, em cuja extrema tinhão quatro moradas de cazas, que lhe pagavão renda; hum pedaço de terra no Oiteiro da Vila velha; o Engenho de Santa Anna com quatro legoas de terra de Norte a Sul, continuando alem destas quatro, pelo Rio de Santa Anna abaixo da parte do Sul, até a pequena Ilha dos Coqueiros, e pelo do Norte até o Rio Sahuipe, huma terra, contestando com o R'o, onde chamavão Coroa grande; no Rio Fundão, conhecido com o nome de Esperança, duas legoas de terra, contestando com o Rio, huma parte pela de Leste, e outra, que principia no Pimenta, ou Jacaraibe pela de Oeste. No Rio Hitaype, onde chamão a Geitmana tres sortes de terras contestando com o Rio, huma parte de Oeste, e as duas de Leste: De Ilhéos para o Sul huma sorte de terras no Rio de Messó, e outra no Rio de Bambepe, e as terras da Aldea de Olivença, cujos Indios região e governavão, todas havidas dos generozos habitantes, que por muitas e diversas maneiras principalmente nas ocazioens de testar, lhas conferião.

§ 15

Não restava mais terras e matas que as do confim da Capitania para o Sul, povoada naquelles tempos de Gentios Tupinanquins, e Pataxós; e as da parte do Norte, cobertas dos Amores, que por muitos, e dilatados annos infestarão aos moradores e povoadores da Villa do Cairũ. Quaes então serião as riquezas, e prosperidades da Capitania debaixo do poder Jesuitico, Senhor no temporal e espiritual dos Indios, cujas Aldeas constituião as maiores povoações, com o systema que sempre tiverão de os conservar debaixo da sua doutrina, sómente util aos intereces do Collegio, e que por outra parte se dirigia a m ntelos na cegueira, ignorancia e escravidão.

§ 16 Tem a Villa dos Ilhéos cabeça da Comarca 280 fogos, com 2.000 almas vivem

"Filho mais velho, não tendo filho a sua filho, porem por falecimento do filho ou fiha que "elle assim na dita Capitania e Cvernança nomear, virá a sucessão della a Pes oa que de "direito a deva de haver e herdar, assim e no modo, que no c'pitulo da successão da dita “Capitania he declarado, e não nomeando em tal cazo virá a successão da tal Capitania a "Pessoa que por bem do dito Capitulo da sucessão deve vir. Item porquanto o dito Jorge 'de Figueiredo Corrêa he o primeiro Capitão e Governador desta Capitania hey por bem e "me prás de lhe fazer mercé e ficar memoria delle, que todos os seus successores e Pessoas "que a dita Capitania vier se chamem Figueiredo sob pena de que o que não se chamar de Figueiredo, perderà a dita Capitania e Governança, e não poderá em maneira alguma "suceder nella a qual Capitania e Governança por elle mesmo passará logo a outro sucessor, "a que de direito pertenceria, se o tal que isto assim não cumprir, fosse morto, e serão assim "mesmo obrigados os ditos seos sucessores a trazer as Armas dos Figueiredos, e esta mercé "The faço como Rey e Senhor destes Reinos, e assim como Governador e Perpetuo Admi"nistrador que Sou da Ordem e Cavalaria do Mestrado de Nosso Senhor Jesus Christo, e "por esta prezente Carta dou poder e autoridade ao dito Jorge de Figueiredo Corrêa, que "lle por sy, e por quem lhe parecer possa tomar e tome pose real corporal e actual das "terras da dita Capitania e Governanç", e das rendas e bens della, e todas as mais coizas "contendas nesta rellação, e uze de tudo inteiramente, como nella se contem, a qual doação "hey por bem, quero, e mando que se cumpra e guarde em tudo e por tudo, com todas as "clauzul s, condições e declarasoens nella conteudas, e declaradas, sem mingoa, nem desfa"lecimento algum, e para tudo o que o dito he, derogo a ley mental, e quaesquer outras "leys, Ordenaçoens, direitos, glozas e costumes, que em contrario disto haja, ou possa haver, "por qualquer mode e via que seja posto que sejão tres, que fossem necessario serem aqui "express s e declaradas de verbo ad verbum sem embargo da Ordenação do Livro 2o, tit. 49, "que dis, que quando as taes leys, e direitos se derrogarem, se faça expressa menção dellas, " por esta Prometo ao dito Jorge de Figueiredo Correa, e a todos os seos sucessores, que nunca em tempo algum irei, nem consentirei ir contra esta minha Ordem e Doação em "parte, nem em todo, e Rogo e cmcomendo a todos os meus sucessores que lhe cumprão e "guardem, mandem cumprir e guardar, assim mando a todos os meos Corregedores, Dezem"bargadores, Ouvidores, Juizes, e Justiças officiaes e Pessoas dos meos Reinos e Senhorios, "cumprão guardem e fação cumprir e guardar esta minha Carta de Doação, e todas as "coizes nelle contendas, sem nisso lhe ser posta duvida, nem embargo, nem contradição "alguma, porate assim he a minha merce, e por firmeza della lhe mandei dar esta Carta "por mim asinada e sellada do sello pendente de cera da minha chancellaria, a qual vai "escripta em cinco folhas, e com esta do meo sinal, e com a primeira em que esta Doação começou da parte de dentro as quaes são todas assinadas ao pé de cada huma por D. Miguel "da Silva, Bispo de Vizeo do Meu Conselho e Meo Escrivao da Puridade Vicente Fernandes "a fez em Evora aos 27 do mez de Julho do anno de 1524, e eu Fernão Alvares Thezoureiro"mór d'El-Rey N. S. Escrivão da Sua Fazenda a fiz escrever. Rey."

[ocr errors]
[ocr errors]

aquelles Povos em huma summa pobreza, pela falta de braços para a lavoira, e carecerem do comercio por não terem que exportar, se não algum Jacarandá, pouco arrós, peixe salgado, e alguns cocos, e farinha de mandioca, sendo elles aliás ageis e com capacidade para todo o genero de Artes e industria; são honrados e prestativos ao Real serviço. As terras são fertilissimas, e a maior parte coberta de humus e masapé. As margens do Tahype alagão e fecundão as planicies, navegando-se hum dia inteiro por todo elle, até a Lagoa que fica duas legoas e meia ao Sul da Mamoan, atravessando a Lagoa para a Costa do mar, pellas matas que desagoão no Tahype, com muitas e engraçadas voltas. Tem aquella Lagoa huma legoa de cumprimento, e de largura em partes mais de quarto de legoa, e em parte menos: no fim della ficão duas lindissimas caxoeiras, fronteiras huma da outra, e no caminho de Nordeste huma terceira, chamada das Caldeiras, pela fórma que lhes tem dado as excavações feitas pelas agoas, que sobre ella precipitão, espalhando suas agoas com agradavel suavidade, em pequenos saltos, por onde sobem os saborozos Piáus; ficando fronteira a esta outra, que rodea ao Sul chamado - Pepico por huma roxa de pedra agregada de seixo, e areia, e espatho de

des braços de cumprimento.

§ 17- Abunda aquella Lagoa de peixe, com fundo em partes de 80 braças, que por isso me persuado ser hum braço de mar, que os pontaes de arêa fexarão, e privarão da communicação delle, donde sahio, com gostozas Paraibas que tem feitio de tainha, e robalos, carapebas, camoropins, da grandeza de meros, camoreassu, que aos robalos se semelha na fórm, mas não no corpo, piaus, trairas, bicudos, xaréos pequenos, guaribeiras. As matas que a circulão são vestidas de páus de oleo, sapucaia, pequiz, camasarez e páus groços de Jangada, e poucas sicupiras: suas margens são enfeitadas pela Natureza, de hum grande numero de trepadeiras que sobre as arvores formão columnas, pyramides e mil outras agradaveis prospectivas, e he summamente prauzivel a vista das Aningas que parecem Ilhas fluctuantes, que vão de huns a outros lugares da Lagoa conduzidas dos ventos, por onde os mesmos soprão, Nos altos dos montes, e nas vezinhanças do Rio se encontrão Jatahy preto, sicupira, páo roxo, e outras muitas made ras de construcção, que dão grande valor aquel'as pocessoens.

18 Podia-se communicar o Rio Tahype ou Atahype com o da Esperança, ou Fundão, abrindo-se huma vala de 130 braças, distancia unica que os separa, hum do outro, e que por isso tem enervado o espirito dos poucos habitantes, que ali morão, para fazerem grandes lavoiras, que a Natureza tão prodigamente lhes oferece pela sua maravilhoza producção: pela falta daquella communicação os lavradores daquelle Rio não podem conduzir os seus effeitos, encalhão as canoas na Barra do Rio, e seguem pela costa huma legoa a villa para encaminharem canoas ao Fundão, e passarem á cabeça de negros os genercs de hum a outro Rio entretanto, quaes não são os descaminhos, e inconvenientes, se pela inconstancia do tempo chove antes que os effeitos se tenhão tirado e passado as canoas do Fundão. Daqui procede que aquelles moradores plantão hoje quanto baste para fornecimento da sua familia, e pouco, ou nada exportão do superfluo para a villa, com tão irreparavel prejuizo do bem commum dos Povos della, que quaze sempre carecem do sustento da primeira necessidade, e o não achão para comprarem para as suas cazas; a lavoira tem sido dada ao desemparo, os dizimos diminuidos, a industria abatida, o commercio enfraquecido, e a mizeria e indegencia reduzindo os Povos a espantozas emigrações.

§ 19 Tem a caxoeira da Almada, em seu contorno huma pequena Aldeia, de Indios Gréms situada ao Sudoeste, e vem a Lagoa com o ribeirão de Inhupe, que vem do Norte da Serra superior, terras fertissimas para toda a lavoira, e abundantes de madeiras de construção povoadas de todo o genero de cass s, como porcos, cotias, pacas, onças, etc., e nos ares lindes cores dos mais belos passaros atrahem os olhos do mais frio viajante; assim como na terra todo o genero de peçonhentas cobras de serro verde, coral, sipó do xão, brucuã, forma de Jararáca com barriga amarela, e outras lavradas em fórma de lua, e dos seos tirriveis venenos com que mandam a morte ao incauto que es piza, ou que ellas investem, livram-se os Naturaes com o summo da Jussara (palmeira de que se serve para cabos de puxar os páos de construção), o entrecasco de angelim, e de sicupira, e banhas do amamete branco. 8 20 São atacados como o Povo de Ilhéos de sezões, e a primeira vista que aquelles disgraçados imprimem, fas ao que de novo entra a mais triste pintura do Paiz, e sobre alguns tem tido mais força que a mais persuaziva eloquencia para se alongarem daquelles lugares, como mal sãons. As sezoens, e febres intermitentes muito frequentes nesse Paiz, o que nasce das estagnaçoens das aguas paradas, quando os rios crescendo alagarão as varjarias; nenhum remedio aplicão, que a sangria, que os leva a hydropezia, e em que principalmente acabão aquellas victimas da mizeria, e ignorancia, em que vivem, quando a Natureza lhes franqueou muitos amargos de cascas de muitas arvores, e sobretudo a bem conhecida entre elles por cavaco de grém, cujo amargo fortissimo os provoca a vomito, e ao suor com que alguns se tem a exemplo dos Indios, livrado dos estragos horriveis daquellas febres: espontaneamente ali A. B 37

2

tambem nasce a hypicocoanha da branca, e preta, a jalapa, e muitas outras plantas medicinaes. § 21- O Rio da Esperança ou Fundão não hé menos fertil de madeiras de construção, e ainda do Páo Brazil, e da parte do Norte, e Sul da Caxoeira tem vinhaticos, e putumujus. Por ordem que tive, do Exmo. Governador D. Fernando José de Portugal fis abrir nesses Rios hum corte de experiencia, e forão já remetidas para o Arcenal da Bahia em 7 de Junho do anno passado 37 braços, 15 cavernas, e 29 falcas de vinhatico de 30, 40, 50 e 60 palmos de comprido para a Náo de S. A. que está no estaleiro, e ainda resta em Ilhéos mais de 100 pãos para serem remetidos ao mesmo Arcenal, além de falcas de vinhatico. E teria este genero de serviço sido muito util aquelles Povos, e a S. A.; aos Povos por terem de que emempregarem sua ociozidade, e obterem do serviço o pecuniario agradecimento, com que podessem manter suas familias, e a S. A. por obter por preços favoraveis todo o genero de madeiras de construcção, principalmente leames, de que era persuadido aquelle Governador não havélos nesta Comarca, e eu tinha muito em consideração o abrir a vala para a communicação dos dois Rios, de que tenho feito menção, porque a Real Fazenda poupava os arrastos das madeiras no terreno que fica de hum rio a outro, e a lavoira dos naturaes hia achar hum beneficio immenso para se adiantar e aperfeiçoar-se; porém os meos dezezos forão combatidos e reduzidos a lamentar sómente a sorte daquelles tristes habitantes, pois que me foi ordenado a suspensão dos córtes do Sul pelo mesmo Governador que os tinha mandado abrir; e ao mesmo tempo se passarão ordens para reclutas, e o Capitão mór dos Ilhéos, sem embargo de todo o seu zelo se achou só sem ter por quem ao menos tirasse as madeiras d'agoa, para não serem destruidas do buzano, por se terem embrenh do nas matas, tudo o que podia pegar nas armas, e ser soldado.

§ 22- Hum Paiz pobre, que não tem braços para a lavoira, industria e comercio colonial, não pode fornecer braços, que não tem as Tropas de Linha, que sendo em toda a parte de immenso pezo aos Poderes das grandes Nações he de hum sobrecarrego immenso n'estes Paizes despovoados, onde a experiencia tem mostrado, que elles não são uteis á defeza da Patria, pois que não tem alguma instrucção, e moralidade para conhecerem o que é ella e a seo Soberano devem, e para defenderem com ardor nas ocazioens necessarias, o posto, ou lugar, que se lhe confia donde tantas dezerções, tantos horrores e crimes! He incontestavelmente certo, e firmado pela experiencia, que os mais fortes combatentes contra o inimigo são aquelles que tem honra e bens que perder, e que a mulher, e filhos são os seguros penhores da sua fidelidade ou serviços: esta a cauza porque no tempo dos Romanos, e agora na cruenta guerra passada, as grande e prodigiosas acções forão mais antes executadas pelos Corpes milicianos, que os de Linha, habituados a todo o genero de immoralidade.

-

8 23 Não são de menos importancia os terrenos e mattas que constituem o termo da Villa de Ilhéos para o Sul, vestidos os bosques de todo o genero de madeiras de construção, páo Brazil, jacarandás, como logo direi. A Costa de Ilhéos p ra Olivença comprehende 3 legoes de terra no meio cortada pelo Rio - Cururupe que não dá passagem nas maréz cheias, e logo adiante dos ribeiros, ham chamado Tapuam, e outro Maranhão, que vem ao mar e hum, quarto de legoa antes de chegar a Olivença o riaxo Siriiba, que vem tão bem ao mar, e o rio Panuna que sahe do campo da Tapoam com muitas pedras, que sahem ao mar, cobertas de ferro e vitriolo.

$ 24

Foi Olivença levantada Villa de Indios por Provisão do Concelho Ultramarino de 22 de Novembro de 1758, com o titulo de Nova Olivença, pelo Ouvidor da Bahia Luiz Freire de Véras, com instrução do Directorio dado para os do Maranhão: ella he cituada no alto de hum monte, com boa Igreja, concluida no tempo dos Jesuitas no anno de 1700: os Indios Pataxos perseguiram muito aquelle lugar até o anno de 1700; habitão 454 Indios nesta villa, entrando hum e outro sexo, vivem, como se ainda agora sahissem das máons da natureza, quaze nuas as mulheres e os homens com huma camiza e calças de algodão Ou estopa: são robustos, membrudos, ageis para todo geneto de serviço, excelentes falquejadores e bons torneiros: ocupão-se em fazer contas, cocos de beber agoa e outras galantarias, cujos lucros vão immediatamente entregar n-s tabernas, estabelecidas no caminho, e dentro da mesma Villa: são mansos e de bom entendimento, não estando embriagados, sustentão-se do peixe que pescão, e das pequenas plantações que fazem da mandioca, e frutas. Dezejão a cultura do espirito dos seus filhos, e muitas vezes me rogarão que lhes desse hum Director, que os ensinasse; e o que mais me enterneceu, provocando-me até as lagrimas, foi vêr com que alegria saudarão os Nossos Augustos Soberanos, quando lhes propuz para irem 2 dos meninos aprenderem no Reino as Sciencias naturaes e se obrigavam a dar no Porto de embarque 20 duzias de pranxoens de jacarandá, para as despezas da sustentação dos seus filhos, e passarem immediatamente a irem tirar os mesmos jacarandás, que lhes embargou hum máo cidadão, despota naquelles territorios, Manuel da Silva Ferreira, e o Exmo. Governador recebendo em ar de rizo as demonstrações vivas que lhe expuz daquelles disgraçados Indios, fes tornalos ao seu antigo estado: elles não tem hoje nem sacerdote, nem quem os

« VorigeDoorgaan »