Pagina-afbeeldingen
PDF
ePub

st• 12-28-41.

REGISTO GERAL DA CAMARA DE S. PAULO

ANNO DE 1750

Registo de uma carta de exame e licença geral passada a Marçallo Ferreira dos Santos official de ferreiro.

Os officiaes do Senado da Camara desta cidade de São Paulo e seu termo, que de presente servimos por eleição e bem das ordenações de Sua Magestade que Deus guarde etc. Fazemos saber aos que a presente nossa carta de confirmação de exame e licença geral virem que havendo respeito a constar-nos por certidão do juiz de officio de ferreiro desta cidade ter examinado a Marçallo Ferreira dos Santos morador na villa e praça de Santos e ora estante nesta cidade official do dito officio de ferreiro e acharem-no capaz para fazer toda a obra que a elle pertence. Havemos por bem confirmar o dito exame e lhe concedemos licença geral para que nesta cidade e em outra qualquer parte possa usar do dito seu officio publicamente com sua tenda aberta como mestre examinado sem impedimento nem contradicção

[ocr errors]

alguma. Pelo que requeremos a todas as justiças de Sua Magestade perante quem esta fôr apresentada para que lhe façam dar inteiro cumprimento, e jurará o dito Marçallo Ferreira dos Santos, cujo juramento lhe será dado pelo juiz presidente deste Senado para bem servir o dito officio de que se fará termo nas costas que lhe mandamos. passar por nós assignada e sellada com o sello real deste Senado e será passada pela chancellaria pagando nella o que dever a qual se cumprirá inteiramente como nella se contem e se registará nos livros desta Camara a que tocar. Dada e passada nesta cidade de São Paulo em Camara de sete de janeiro de mil e setecentos e cincoenta Antonio de Freitas Branco escrivão da Camara a fez // Logar do sello // João do Prado de Camargo // Simão de Toledo e Almeida // Agostinho Delgado de Arouche // José Ribeiro Rodrigues Pagou trinta reis de chancellaria que ficam carregados ao thesoureiro no livro folhas 397. São Paulo sete de janeiro de 1750. Abreu // Termo de juramento. Aos sete dias do mez de janeiro de mil setecentos e cincoenta annos nesta cidade de São Paulo em casa do Senado da Camara della aonde se achava o juiz presidente o capitão João do Prado de Camargo, e sendo ahi appareceu presente Marçallo Ferreira dos Santos official de ferreiro com esta sua carta dizendo que queria dar seu juramento na forma da dita carta ao qual o dito juiz presidente deferiu o juramento dos Santos Evangelhos em um livro delles em que poz sua mão direita sob cargo do qual lhe encarregou que bem e verdadeiramente fizesse sua obrigação em razão de seu offi

cio e de como assim o prometteu fazer assignou com o dito juiz de que fiz este termo. E eu Antonio de Freitas Branco escrivão da Camara que o escrevi // Prado // Marçallo Ferreira dos Santos // E não se continha mais em a dita carta que aqui registei bem e fielmente da propria a que me reporto em fé do que me assigno. E eu Antonio de Freitas Branco escrivão da Camara que o escrevi.

[ocr errors]

1

Antonio de Freitas Branco

Registo de uma carta de exame e licença geral passada a Luiz Lopes Machado official de ferreiro.

Os officiaes do Senado da Camara desta cidade de São Paulo e seu termo que de presente servimos por eleição e bem das ordenações de Sua Magestade que Deus guarde etc. Fazemos saber aos que a presente nossa carta de confirmação e licença geral virem que havendo respeito. a constar-nos por certidão do juiz do officio de ferreiro ter examinado a Luiz Lopes Machado official do dito officio e achal-o capaz para fazer toda a obra que a elle pertence. Havemos por bem confirmar o dito exame e lhe concedemos licença geral para que nesta cidade e em qualquer outra parte possa usar do dito officio publicamente sem impedimento algum com sua tenda aberta como mestre examinado. Pelo que reque

remos a todas as justiças de Sua Magestade perante quem esta nossa carta for apresentada para que lhe façam dar inteiro cumprimento, e jurará o dito Luiz Lopes Machado cujo juramento lhe será dado pelo juiz presidente deste Senado para bem servir o dito officio de que se fará termo nas costas desta que lhe mandamos passar por nós assignada e sellada com o sello real deste Senado, e será passada pela chancellaria pagando nella o que dever a qual se cumprirá inteiramente como nella se contem e se registará nos livros da Camara a que tocar. Dada e passada nesta sobredita cidade de São Paulo em Camara do primeiro de agosto de 1750. Antonio de Freitas Branco escrivão da Camara a escrevi // Logar do sello // João do Prado de Camargo, // Francisco Bueno da Rocha // Simão de Toledo e Almeida // José Rodrigues Pereira // Pagou de chancellaria trinta reis que ficam carregados ao thesoureiro no livro a folhas São Paulo 19 de agosto de 1750. Abreu // Termo de juramento. Aos dezenove dias do mez de agosto de mil setecentos e cincoenta annos nesta cidade de São Paulo em casa do Senado da Camara onde estava o juiz presidente o doutor Luiz de Campos, e sendo ahi appareceu Luiz Lopes Machado com esta sua carta dizendo que em virtude della queria dar o seu juramento para exercer o seu officio de ferreiro, o qual o dito doutor juiz presidente deferiu em um livro dos Santos Evangelhos em que poz sua mão direita sob cargo do qual lhe encarregou fizesse sua obrigação bem e verdadeiramente em razão do seu officio, e de como assim o prometteu fazer assignou com o

dito juiz de que fiz este termo. E eu Antonio de Freitas Branco escrivão da Camara que o escrevi // Campos // Luiz Lopes // E não se continha mais em a dita carta de exame e licença geral que aqui registei bem e fielmente da propria a que me reporto em fé do que me assigno em esta cidade de São Paulo aos 20 de agosto de 1750. E eu Antonio de Freitas Branco escrivão da Camara que o escrevi e assignei.

Antonio de Freitas Branco

Registo de uma carta de exame e licença geral passada a Thomé Mathias da Silva do' officio de

carpinteiro.

Os officiaes do Senado da Camara desta cidade de São Paulo e seu termo que de presente servimos por eleição e bem das ordenações de Sua Magestade que Deus guarde etc. Fazemos saber aos que a presente nossa carta de confirmação e licença geral virem que havendo respeito a constar-nos por certidão do juiz e escrivão do officio de carpinteiro terem examinado a Thomé Mathias da Silva official do dito officio e acharem-no capaz para fazer, toda a obra que a elle pertence. Havemos por bem confirmar o dito exame e lhe concedemos licença geral para que nesta cidade e seu termo ou em outra qualquer parte possa usar do dito officio trabalhando publicamente sem impedimento algum como mestre

[ocr errors]
« VorigeDoorgaan »