Pagina-afbeeldingen
PDF
ePub

na fibra miocardica. As manifestações nervosas variam desde as perturbações motoras, em que a diplegia é a modalidade mais vezes observada, até á idiotia e cretinismo de origem organica.

O bocio e a serie de signaes que caracteriza o hipo ou hipertireoidismo attestam ou localização tireoidéa do parasito ou acção de sua toxina sobre essa glandula e tantos outros sindromes explicam o aspecto proteico da molestia de Chagas, que é justificada pelas sédes escolhidas pelo parasito para sua obra destruidora.

Para systematização clinica, Chagas julgou dever estabelecer diversas fórmas da molestia e assim descreveu dous grandes grupos: o das manifestações agudas e o das fórmas chronicas e estabeleceu ainda grupo de phenomenos para-tripanosicos.

Na infecção chronica foram consideradas fórmas clinicas varias;

[ocr errors]

1o, fórma pseudo-mixedematosa;
2o, fórma mixedomatosa;
3o, fórma cardiaca;
4o, fórma nervosa;
5o, fórma chronica de manifestações actuaes agudas e sub-agudas;
6o, fórma supra-renal.

Entre os phenomenos paratripanosicos collocou Chagas os casos de bocio, infantilismo e outras condições morbidas consequentes á molestia.

Não me deterei sobre o estudo dessas formas clinicas, o que me levaria por demais longe e me afastaria da trilha que me tracei na presente, conferencia.

na

a

crer

Para terminar as referencias que desejo fazer sobre a tripanosomiase ame+ ricana, quero dizer que essa molestia, descoberta no Brasil, tem sua area de distribuição muito mais lata, tendo sido já demonstrada sua existencia na Republica Argentina e na de S. Salvador, America Central, e tudo leva que em pontos outros da America do Sul e Central grasse a molestia, que deixa de ser assim apanagio exclusivo de nossa nosologia.

O quadro anatomo-pathologico geral da molestia, que nos occupa, foi escorçado por Gaspar Vianna. Resta completar a anatomia microscopica, que virá) trazer bastos ensinamentos na interpretação de symptomas varios e esclarecerá questões importantes de physiologia pathologica. Entre estas sobreleva a do bloqueio cardiaco e a elucidação da physiologia do feixe de Hiss. Esses estudos estão em pleno andamento.

Gaspar Vianna apontou como lesões observaveis na tripanosomiase ameri

as seguintes, baseando-se sobretudo nas verificações de Chagas: Poliorominite generalizada. Existencia constante de numerosos ganglios augmentados de volume na cavidade abdominal, mediastino, pescoço, axillas e virilhas. Baço, ligeiramente augmentado, por vezes friavel. Existencia infallirel de lesões tiroidianas, esclerosicas, nypertrophicas e produzindo verdadeiros kystos, ás vezes como zonas calcificadas. Não raro verificam-se miocardites e lesões das capsulas supra-rena es. No ponto de vista da anatomia microscopica, Vianna assignalou lesões da fibra cardiaca, dos musculos estriados, do systema nervoso, de glandulas diversas e nessas pesquizas notaveis conseguio demonstrar a existencia de tripanosomo como parasito dos tecidos sob fórma aflagellada.

cana

Quanto ao tratamento, podemos nutrir agora fundadas esperanças de seu successo, após os estudos systematicos e pacientes de Astrogildo Machado. Começou elle ensaiando toda a serie de remedios aconselhados contra as tripanosomiases, sem conseguir resultado algum. Resolveu então ensaiar varios compostos chimicos de radicaes tripanocidas. E, na série de experiencias, que fez, conseguio de passagem obter um sal, que denominou “protosan", com o qual cura o mal de cadeiras e, no laboratorio, logrou curar animaes infectados pelo tripanosomo causador da molestia do somno. Esse producto, porém, não exerce acção alguma sobre o tripanosomo de Chagas. Continuando em suas pesquizas, Machado conseguio preparar quatro compostos que têm acção tripanocida nitida sobre o agente da molestia de Chagas. Os parasitos em circulação desappareceram em 24 horas. Ha, porém, recidivas que apparecem no fim de 3 a 4 dias para de novo ceder ao medicamento, que parece não produzir a mitridatização dos tripanosomos, que assim desapparecem sempre, após a applicação do re medio. Esses estudos nos enchem da mais fundada esperança e breve esperamos ter resolvido de modo completo a cura de um dos maiores flagellos do nosso sertão.

Resta-nos dizer algumas palavras sobre a prophylaxia. Resume-se ella em fazer desapparecer dos domicilios os “barbeiros" transmissores. E, desde que se saiba que esses hemipteros não vivem nas casas bem construidas de paredes emboçadas e que só procriam nas cabanas de paredes simplesmente cobertas de barro fendilhado onde o hematophago encontra abrigo seguro e procrêa em abundancia, encontra-se na modernização das construcções e na suppressão das chamadas “cafuas", o meio seguro de extirpação da molestia. Haja vista Bello Horizonte, que era apontada pelo nome pejorativo de “arraial dos papudos" e que hoje é a saluberrima cidade que todos admiramos e de onde o “papo" foi banido.

Outra doença produzida por protozoario e cuja etiologia encontrou entre nós a solução definitiva é a variola. Beaurepaire Aragão e 0 mallogrado Prowazek, que acaba agora de encontrar a mais gloriosa das mortes, victimado pelo typho exanthematico, cuja causa procurava desvendar, conseguiram demonstrar que o causador da variola é um germem filtravel pertencente ao grupo dos clamidozoarios.

Já varios autores tinham antes assignalado no material infectante proveniente dos variolosos a existencia de pequenissimas granulações, que alguns delles julgaram ser o germen da variola. Isso, porém, não passava de méra supposição.

Foi entre nós que aquelles meticulosos experimentadores conseguiram demonstrar que, na realidade, os pequenos corpusculos eram com effeito O microbio da variola. Para demonstrar esse facto foi utilizado o processo de ultrafiltração. Verificaram que no material colhido em pustulas recentes, desde que não esteja elle de mistura com grande copia de detrictos cellulares, que, além de obstruir os póros das velas filtrantes, absorvem o virus, existe esse virus que atravessa os filtros de papel espesso, de asbesto, de Perkefeld e de Uhlenhuth. Com taes filtrados os autores con im sempre innoculações positivas na cornea dos coelhos, o que era verificado pelo exame microscopico, que denun. ciava a existencia dos corpusculos de Guarnieri.

Para livrar o virus de albuminas do sôro os autores, após a filtração, faziam passar o filtrado através de filtros coloidaes fabricados com gelose, filtros estes que retinham perfeitamente o virus e permittiam a sua lavagem. Conse. guiram assim ter o germen variolico em estado de pureza e com elle provocari a formação dos corpusculos de Guarnieri na cornea de coelhos. Demonstrado estava e de maneira convincente a ligação de causa e effeito que existia entre os corpusculos filtraveis e a variola.

Não contentes com terem elucidado assim a etiologia, Aragão e Prowazek esclareceram a questão da immunidade na variola e vieram demonstrar o papel de simbiota que o estreptococo representa na infecção variolica, emprestando-lhe mais gravidade e agindo como fazem os simbiotas sinergeticos que, sendo independentes no que toca a alimentação, agem, não obstante, sinergicamente, ganhando certa elevação de virulencia e prejudicando assim em mais alto gráo o organismo atacado.

Não são os factos que acabo de relatar senão os mais importantes que se relacionam com a questão que me propuz tratar aqui. Quizesse respigar em outros assumptos, mórmente no que se refere ao historico da protozoologia, muitos outros pontos encontraria que addicionar ao que a sciencia mundial! já deve á brasileira.

Assim, tambem, se me sobrasse coragem para torturar por mais tempo a admiravel paciencia dos que me ouvem, teria que referir muitos pontos interessantes, que respeitam ás molestias de protozoarios dos animaes, o que absolutamente não farei. Não posso, porém, furtar-me ao dever de relembrar, como um preito de admiração e sentida homenagem, os estudos de Aragão sobre o hemoproteu dos pombos. Esses estudos, feitos aqui em época difficil, quando o preparo technico não tinha chegado á perfeição que facilitou os estudos mais tarde apparecidos, são verdadeiramente notaveis e foram elles indubitavelmente que chamaram a attenção do mundo scientifico para os trabalhos brasileiros de protozoologia. Aragão, á custa de esforços proprios, trabalhando só, conseguio traçar de modo brilhante o cyclo evolutivo do hemoproteu dos pombos, demonstrando cabalmente a sua transmissão pela mosca Lynchia, que os parasita.

Esse estudo, que teve larga confirmação por parte de todos aquelles que mais tarde se occuparam do assumpto, servio de ponto de partida para eluci. dação de outras questões correlatas e constitue uma das mais bellas acquisições da moderna protozoologia.

Os estudos brasileiros de protozoologia impressionaram tão profundamente o mundo scientifico, que ao Brasil, lidimamente representado por Carlos Chagas, foi conferida a medalha Schaudinn, cuja significação tem o mais alto alcance scientifico.

Essa distincção deve ser dada ao melhor trabalho de protozoologia, cujo julgamento é feito por jury internacional constituido pelos considerados

[ocr errors]

A.B. 40

26

mais competentes no assumpto. A primeira vez o premio foi conferido a Prowazek, o discipulo dilecto de Schaudinn, já na segunda vez a Chagas, como synthetizando os estudos brasileiros.

Resta-me agora agradecer a condescendencia admiravel daquelles que aqui se acham honrando-me com suas presenças, e que soffreram tão pacientemente a tortura de ouvir esta insulsa conferencia.

TROVAS DO NORTE

CONFERENCIA REALISADA A 11 DE OUTUBRO DE 1915, PELO SR. Osorio DUQUE-ESTRADA

Minhas senhoras. Meus senhores.

Foi o erudito e saudoso polygrapho Sylvio Romero o primeiro dos escriptores patrios que assentou as verdadeiras bases para o estudo da poesia popular brasileira, bem como da nossa historia e litteratura em geral, assignalando que elle devia ser feito á luz da acção do meio e do influxo das tres raças de que se formou a população do paiz. Segundo as proprias palavras do autor, a intuição real da nossa existencia de povo e das nossas manifestações intellectuaes no dominio artistico e litterario só pode ser fornecida por uma larga e exacta comprehensão de nossas origens ethnicas e das modificações por ellas experimentadas no meio americano.

Esse novo criterio, expendido já em 1879 pelo escriptor sergipano e applicado desenvolvidamente mais tarde, na Historia da Litteratura Brasileira, teve por mira principal orientar e unificar as observações e analyses parciaes dos folk. loristas que o precederam e que foram, entre outros: Celso de Magalhães, com os seus estudos relativos ás provincias do Maranhão, de Pernambuco e da Bahia; José de Alencar e Araripe Junior, em relação á do Ceará; Couto de Magalhães ás de S. Paulo, Minas, Goyaz, Pará e Matto-Grosso; J. A. de Freitas, especial. mente á do Maranhão, e Carlos von Kosseritz á do Rio Grande do Sul.

Sylvio Romero dedicou-se de preferencia ás de Pernambuco, Alagôas, Sergipe, Bahia e Rio de Janeiro, mas, por um exaggero de doutrina e, sobretudo, de generalização, chegou a concluir pela uniformidade das criações anonymas em todas as provincias, assentando-a uma triplice formula de motivos, que merece tambem, por sua vez, ser contestada: a identidade das nossas origens ethnicas em todas as zonas regionaes do Brasil, o caracter geologico e climaterico do paiz e, finalmente, a acção centralizadora das instituições.

Deixando de parte os dous ultimos, para só tratar agora do primeiro desses motivos, é exactamente nesse ponto que devemos accentuar a nossa divergencia com o glorioso folk-lorista sergipano.

Não pretendemos esboçar, siquer, um estudo sobre as raças historicas do Brasil, nem estabelecer as bases ethnicas da nossa nacionalidade, com conjuncto de crenças, de costumes, de tradições, de tendencias e de ideaes.

A ethno-physiologia do povo brasileiro é um problema bastante complexo e que se nos afigura até hoje sem solução definitiva, e tanto basta para que não

m

[ocr errors]

seu

« VorigeDoorgaan »