Zoeken Afbeeldingen Maps Play YouTube Nieuws Gmail Drive Meer »
Inloggen
Boeken Boek
" Alma minha gentil, que te partiste Tão cedo desta vida, descontente, Repousa lá no Céu eternamente E viva eu cá na terra sempre triste. Se lá no assento etéreo, onde subiste, Memória desta vida se consente, Não te esqueças daquele amor ardente... "
Obras. Precedidas de um ensaio biographico ... augmentadas com algumas ... - Pagina 97
door Luiz de Camões - 1860 - 516 pagina’s
Volledige weergave - Over dit boek

Os melhores sonetos da lingua portuguêsa desde Sá de Miranda

Fidelino de Figueiredo - 1907 - 104 pagina’s
...phantasia! Pois tudo pára em morte, tudo em vento, Triste o que espera! triste o que confia! SONETO 50." Alma minha gentil, que te partiste Tão cedo d'esta...eternamente, E viva eu cá na terra sempre triste. Se lá no assento Ethereo, onde subiste. Memoria desta vida se consente, Não te esqueças de aquelle...
Volledige weergave - Over dit boek

Os melhores sonetos da lingua portuguêsa desde Sá de Miranda

Fidelino de Figueiredo - 1907 - 112 pagina’s
...em vento, Triste o que espera! triste o que confia! SONETO 5O. c Alma minha gentil, que te part1ste Tão cedo d'esta vida descontente, Repousa lá no...eternamente, E viva eu cá na terra sempre triste Se lá no assento Ethereo, onde subiste. Memoria desta vida se consente, Não te esqueças de aquelle...
Volledige weergave - Over dit boek

As cem melhores poesias (líricas) da lingua portuguesa

Carolina Michaëlis de Vasconcellos - 1910 - 264 pagina’s
...pudesse ,que fartas,se . Este meu duro genio de vinganças ! ALMA minha gentil, que te partiste Tam cedo d'esta vida descontente, Repousa lá no Ceo eternamente, E viva eu cá na terra sempre triste ! Se lá no. assento efhereo onde subiste Memoria d' esta vida se consente, Não te esqueças de aquelle...
Volledige weergave - Over dit boek

PORTUGUESE CONVERSATION-GRAMMER

LOUISE EY - 1912 - 506 pagina’s
...não dizia palavra, e a mãe abraçou-o enternecida. (After Guerra Junqueiro.) 88. Leitura. Soneto. Alma minha gentil, que te partiste Tão cedo d'esta vida descontente, Repousa lá no céo eternamente, E viva eu cá na terra sempre triste. Se lá no assento ethéreo, onde subsiste,...
Volledige weergave - Over dit boek

Obras completas de Luiz de Camões, Volume 1

Luís de Camões - 1912 - 508 pagina’s
...lembranças, morro de esquecido De quem sempre devera ser lembrado, Se lhe lembrára estado tão contente. Alma minha gentil, que te partiste Tão cedo d'esta vida descontente, Repousa lá no céo eternamente, E viva eu cá na terra sempre triste. Se lá no assento ethereo, onde subiste, Memoria...
Volledige weergave - Over dit boek

História da literatura portuguêsa desde as origens até á actualidade

Joaquim Mendes dos Remédios - 1914 - 798 pagina’s
...Vern não sei como ; e doe não sei porque. Camões, Obras ( ed. Juronienha ), u, sou. xv. II Outro. Alma minha gentil, que te partiste Tão cedo desta...eternamente, E viva eu cá na terra sempre triste. Se lá no assento Ethereo, onde subiste, Memória desta vida se consente, Não te esqueças de aquelle...
Volledige weergave - Over dit boek

Historia da litteratura classica ...

Fidelino de Figueiredo - 1917 - 440 pagina’s
...consolação, prestes a irromper. Um mar encapellado se adivinha sob aquella apparencia de contenção: Alma minha gentil, que te partiste Tão cedo desta vida descontente, Repousa lá no Céo eternamente, E viva eu cá na terra sempre triste. Se lá no assento Ethereo, onde subiste, Memoria...
Volledige weergave - Over dit boek

Historia da litteratura classica ..., Volume 6

Fidelino de Figueiredo - 1917 - 448 pagina’s
...prestes a irromper. Um mar encapellado se adivinha sob aquella apparencia de contenção: Alma miuha gentil, que te partiste Tão cedo desta vida descontente. Repousa lá no Céo eternamente. E viva eu cá na terra sempre triste. Se lá no assento Etbereo. onde subiste. Memoria...
Volledige weergave - Over dit boek

Sonetistas portugueses e luso-brazileiros: antologia contendo dados ...

Nuno Catharino Cardoso - 1918 - 258 pagina’s
...ineditas de P. Andrade Caminha, pelo Dr. Joseph Priebsch, Hale, 1898. 1524-1580 LUIZ DE CAMÕES > SONETO Alma minha gentil, que te partiste Tão cedo desta...eternamente, E viva eu cá na terra sempre triste. Se lá no assento Ethereo, onde subiste, Memoria desta vida se consente, i • Não te esqueças de...
Volledige weergave - Over dit boek

Revista de lingua portuguesa, Nummers 3-4

1920 - 516 pagina’s
...pensando em Catarina o maviosíssimo Soneto : Alma minha gentil que te partiste, Tam cedo desta alma descontente, Repousa lá no ceo eternamente, E viva eu cá na terra sempre triste... í 30 ) E igualmente Íamos todos lembrando os inúmeros versos que foram filigrando, através dos...
Volledige weergave - Over dit boek




  1. Mijn bibliotheek
  2. Help
  3. Geavanceerd zoeken naar boeken
  4. ePub downloaden
  5. Pdf downloaden